Clique aqui e encontre um Template com a sua cara - Templates for Blogger»

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Ronaldo no Timão: entenda como serão pagos os salários do Fenômeno


Agência/Agência Estado
Proposta do Corinthians pode fazer Ronaldo ganhar mais que recebia no Milan
O Corinthians surpreendeu o mundo ao anunciar Ronaldo como sua grande estrela para a temporada 2009. E quem pagará a conta? Pode parecer estranho, mas quem custeará boa parte dos vencimentos do jogador será o próprio Fenômeno através de uma ousada jogada de marketing da diretoria do Timão.

Sem ter como competir com as ofertas da Europa, o Corinthians ofereceu um plano inovador que agradou ao craque. Ele receberá um valor fixo mensalmente, acima do teto salarial estipulado para os outros atletas do elenco, mas poderá lucrar infinitamente mais dependendo de seu poder comercial.

Ronaldo ficará com 80% do dinheiro obtido com a venda de patrocínio nas mangas da camisa e do calção. O Timão terá 20%. Como comparação, em 2008, o Alvinegro pedia R$ 5 milhões para estampar qualquer marca nas mangas e não encontrou parceiros. A expectativa, agora, é que o valor chegue a dobrar. O mesmo acontece com o calção. As negociações estão por conta da empresa do jogador, a R9. O Corinthians, contudo, poderá participar, apresentando interessados a ela.

- Quando expusemos nossa idéia ao Ronaldo, tínhamos que correr um risco e apostar que essa dupla formaria um potencial de gerar riquezas. Ao aceitar essa opção, o Ronaldo abriu mão dos trilhões que receberia lá fora e do conforto de jogar no Rio de Janeiro – diz o vice-presidente de marketing do Timão, Luis Paulo Rosenberg.

O atacante poderá lucrar também com os licenciamentos que levarão a marca dele e do Corinthians. Nas próximas semanas, antes até mesmo do início do Campeonato Paulista, o clube deve colocar no mercado inúmeros produtos para atrair a torcida. Até na venda de camisas Ronaldo vai ganhar. Somente na loja oficial do clube, no Parque São Jorge, foram comercializadas mais de 500 uniformes com o nome e o número do Fenômeno.

Para aumentar as receitas, o Corinthians já estuda um novo valor para os ingressos de seus jogos. A pedido do presidente Andrés Sanches, o reajuste só acontecerá nos bilhetes destinados às numeradas, os mais caros. Na Série B elas foram vendidas a R$ 50 cada. As arquibancadas, setor mais popular do Pacaembu, não terá aumento, por enquanto.

- O presidente proibiu de mexermos nos ingressos mais baratos. Estamos estudando como será esse aumento nas cadeiras numeradas. O importante é colocarmos no mercado todos os produtos que a Fiel anseia – acrescenta Rosenberg.

Caso o planejamento caminhe como a diretoria espera, Ronaldo deve até ganhar no Corinthians mais do que recebia mensalmente no Milan, seu último clube na Europa. O montante pode chegar a R$ 12 milhões durante o contrato de um ano. Na Itália , o Fenômeno arrecadava aproximadamente R$ 9 milhões.

0 comentários: